9 Lindas Imagens sobre a Salvação do Cristão + 1 Bônus

Veja nove lindas imagens bíblicas sobre a salvação de Jesus na vida do cristão mais um ótimo infográfico. Um mensagem bíblica ideal para compartilhar no Facebook (basta clicar na imagem).

01Eleicao

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo. Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado. (Efésios 1:3-6)

02Chamado

Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos Profetas: ‘Todos serão ensinados por Deus’. Todos os que ouvem o Pai e dele aprendem vêm a mim. (João 6:44-45)

03Regeneracao

Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência. Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira. Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões — pela graça vocês são salvos. (Efésios 2:1-5)

04Conversao

Se, pois, Deus lhes deu o mesmo dom que nos dera quando cremos no Senhor Jesus Cristo, quem era eu para pensar em opor-me a Deus? Ouvindo isso, não apresentaram mais objeções e louvaram a Deus, dizendo: “Então, Deus concedeu arrependimento para a vida até mesmo aos gentios! (Atos 11:17-18)

05Justificacao

Se pela transgressão de um só a morte reinou por meio dele, muito mais aqueles que recebem de Deus a imensa provisão da graça e a dádiva da justiça reinarão em vida por meio de um único homem, Jesus Cristo. Conseqüentemente, assim como uma só transgressão resultou na condenação de todos os homens, assim também um só ato de justiça resultou na justificação que traz vida a todos os homens.  (Romanos 5:17-18)

06Adocao

Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.  (João 1:11-13)

07Santificacao

Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. (1 Pedro 1:14-16)

08Perseverança

mas vocês não crêem, porque não são minhas ovelhas. As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai. Eu e o Pai somos um (João 10:26-30)

09Glorificacao

A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Pelo poder que o capacita a colocar todas as coisas debaixo do seu domínio, ele transformará os nossos corpos humilhados, para serem semelhantes ao seu corpo glorioso. (Filipenses 3:20-21)


Infográfico: “Ordo Salutis”

Tim Challies começou uma série chamada “Visual Theology”[Teologia Visual], tentando exibir teologia usando uma combinação de palavras e imagens. A primeira postagem da série é um infográfico sobre a ordem da salvação do cristão, o que é conhecido como “Ordo salutis” (correspondente latim para “a ordem da salvação”), que se refere a sequencia de etapas conceituais envolvidos na salvação do cristão. É uma sequência lógica, e não cronológica; algumas etapas ocorrem sequencialmente, enquanto outras instantaneamente. O que se segue é a compreensão clássica da Teologia Reformada sobre a maneira pela qual Deus salva o seu povo.

Tim gentilmente cedeu a imagem original para que pudéssemos traduzir e editar. E com uma ajudinha de um grande amigo (diagramador da Editora Fiel) aqui está! A imagem tem aproximadamente 40 x 20 cm (quase o tamanho de um A3). Então, sinta-se livre e incentivado para imprimir e colocar na sua igreja, por exemplo. As permissões do uso da imagem encontram-se abaixo.

Download

 

Infográfico por: Tim Challies. Copyright: © challies.com.  Design: soapboxstudio.com

Tradução e adaptação: www.voltemosaoevangelho.com. Original: [Teologia Visual] Ordo Salutis – Infográfico

Imagens por www.voltemosaoevangelho.com. Original: 9 Lindas Imagens sobre a Salvação do Cristão + 1 Bônus

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

47 Comentários
  1. Luciano Santana Dos Santos Diz

    Massa

  2. Fernando Mendonça de O Jr. Diz

    "Deus escolhe ALGUMAS pessoas para serem salvas" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. Edson Correa Diz

      Olá Fernando, não é assim? O que sei é que poucos são salvos e a grande maioria não. Se não funciona dessa maneira, como é então?

    2. Wilter Porto Diz

      Edson Correa
      Está errado sim. A oferta de salvação é para todos, mas infelizmente muitos escolhem o caminho largo. Se Deus já tivesse escolhido quem é salvo, então porque Jesus ordenou a pregação a todos, (Mateus 28:19) e porque em João 3:16 diz que TODO o que crê, e porque diz em 1 Timóteo 2:3-4 que Deus deseja que todos sejam salvos? Ora realmente Deus deseja que todos sejam salvos do contrário Jesus teria dito que o inferno foi prepararado para o diabo, seus anjos e os não escolhidos, contudo muitos não querem dominar o pecado que jaz à porta. Gênesis 4:7.

    3. Emerson Davi Diz

      Nunca ouviu falar sobre Calvinismo e Arminianismo? Essa é a visão calvinista.

    4. Carlos Sonel Diz

      Fernando 1 – voce acha que seria impossivel para Deus salvar todos caso ele quisesse? 2 – voce concorda que em toda genuina salvação ( conversão ) é uma obra sobrenatural operada por Deus? 3 – O que significa eleitos, eleição entao? Na biblia essa palavra eleitos, eleição, elegidos, escolhidos se repete inumeras vezes o que isso significa?

    5. Georgito Pacheco França Diz

      Wilter Porto
      A oferta de salvação é para todos ERRADO

      1. Mt. 1:21: "E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados." Neste caso, "seu povo" significa os eleitos, os verdadeiros crentes em Jesus.
      2. Mt. 20:28: "Bem como o filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos." A conclusão do calvinista é que Jesus deu a sua vida somente para muitos, isto é, somente para os eleitos.
      3. Mt. 26:28: "Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados". Dizem que Jesus derramou seu sangue só para muitos, não todos.
      4. João 10:15: Jesus disse: "…dou a minha vida pelas ovelhas." Dizem que Jesus só morreu para as ovelhas, quer dizer, só para os eleitos.
      5. Atos 20:28: "Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue." Este versículo requer mais estudo depois, mas será que Jesus morreu só para a sua igreja?
      6. Efésios 5:25: "Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela".
      7. Hebreus 9:28: "Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação." Os calvinistas dizem que Cristo somente tira os pecados dos eleitos.
      8. João 15:13: "Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos." Seus amigos aqui são os eleitos portanto Cristo deu sua vida só por eles.

    6. Georgito Pacheco França Diz

      Wilter Porto
      A Eleição Requer Evangelização

      Vez por outra se ouve a idéia de que a eleição torna supérflua a ação evangelizadora. Pergunta-se "Se o decreto da eleição é imutável e, portanto, torna absolutamente certa a salvação dos eleitos, que necessidade têm elas do Evangelho? Os eleitos não vão ser salvos mesmo, ouçam ou não o Evangelho?"

      A premissa desse argumento é inteiramente verdadeira. A eleição divina torna a salvação dos eleitos inteiramente certa. Mas a conclusão derivada dessa premissa revela grave incompreensão da soberania divina como expressa no decreto da eleição.

      Enquanto que a eleição foi feita na eternidade, não se pode perder de vista a verdade de que sua concretização é um processo que se dá no tempo, ou seja, dentro da história. Muitos fatores tomam parte nesse processo. Um deles é o Evangelho. E por sinal é um fator da maior significação.

      Não se confunda a soberania de Deus com a Sua onipotência. Certamente Deus é todo-poderoso. Significativamente, o conciso Credo Apostólico se refere a este atributo de Deus, não uma, porém duas vezes. Se Deus quisesse, poderia pelo emprego da simples força levar para o Céu os eleitos, e igualmente pelo emprego da simples força lançar ao inferno os não eleitos. Mas Ele não faz nada disso. Pré-ordenação não é compulsão e a certeza não exclui a liberdade. Ninguém jamais foi convertido ao cristianismo à força. Todo verdadeiro converso volta-se para Cristo porque quer – embora seja certo que este querer é dom de Deus, transmitindo a ele por ocasião do seu novo nascimento. Deus trata os seres humanos como criaturas racionais, capazes de agir livremente. Por isso, Ele arrazoa e dialoga com os não salvos por meio do Evangelho. Quer "persuadir" os homens (2 Coríntios 5:11). E no caso dos eleitos, Ele aplica o Evangelho aos corações deles de maneira salvadora, mediante o Espírito Santo.

      Não se vá supor que o soberano decreto de Deus só se refere aos fins, com a exclusão dos meios. Por mais ênfase que se dê, não será suficiente para expressar que Deus pré-ordenou tudo que sucede. Tudo abrange meios, bem como os fins. Para ilustrar, Deus não somente pré-determinou que dado fazendeiro colhesse este ano dez mil arrobas de trigo; pré-determinou também que colhesse aquela quantidade como resultado de muito trabalho duro. Do mesmo modo, Deus não decretou apenas que certo pecador herde a vida eterna, mas decretou que esse pecador receba a vida eterna por meio da fé em Cristo, e que obtenha a fé em Cristo por meio do Evangelho.

      Não se pode imaginar a soberania de Deus como se ela eliminasse a responsabilidade dos homens. Como os mais cultos e competentes teólogos e filósofos se mostraram incapazes de conciliar a soberania divina com a responsabilidade humana perante o tribunal da razão, sempre se corre o risco de dar ênfase a uma delas em detrimento – ou mesmo com a exclusão – da outra. Mas a Bíblia ensina as duas verdades com grande ênfase. Aquele que aceita com humilde fé a Bíblia como a infalível Palavra de Deus, dará vigoroso destaque tanto a uma como à outra. Portanto, o pregador do Evangelho tem de dizer ao pecador, não apenas que a salvação é só pela graça soberana, mas também que, para ser salvo, ele precisa crer em Jesus Cristo como Salvador e Senhor. Por um lado, deve pregar que os eleitos de Deus serão salvos com toda a segurança; por outro lado, deve proclamar a advertência de que aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus permanece sobre ele (João 3:36). Mesmo os eleitos precisam desta admoestação, pois faz parte integrante do método que Deus adotou para levá-los à salvação.

      Agora fica assegurada uma conclusão das mais significantes. Em vez de tornar supérflua a evangelização, a eleição requer a evangelização. Todos os eleitos de Deus têm que ser salvos. Nenhum deles pode perecer. E o Evangelho é o meio pelo qual Deus lhes comunica a fé salvadora. De fato, é o único meio que Deus emprega para esse fim. "A fé vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus" (Romanos 10:17).

      Observe-se que, por paradoxal que pareça, a eleição é universal. Certamente, a eleição é a escolha de certas pessoas, dentre um maior número, para a vida eterna. Assim a eleição reflete particularismo. Contudo, num sentido real, a eleição é universal. Deus tem os Seus eleitos em todas as nações e em todas as épocas. A igreja é composta de "eleitos de toda nação", e em nenhum período da história os eleitos pereceram na terra, e jamais acontecerá isto no futuro. Deus quer que o Evangelho seja proclamado no mundo todo e em todo o tempo para que seja congregada a soma total dos eleitos. É bom repetir, pois: a eleição exige a evangelização.

      A mesma verdade pode-se ver de outro ângulo. A Escritura ensina que a eleição foi feita com vistas às boas obras. Disse Paulo: "Somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas" (Efésios 2:10). E a Escritura ensina especificamente que a eleição foi feita com vistas ao testemunho. Disse Pedro: "Vós sois raça eleita…a fim de proclamardes as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (1 Pedro 2:9). Deus escolheu determinadas pessoas, não só para irem para o Céu quando morrerem, mas também para serem Suas testemunhas enquanto estiverem na terra. Digamos outra vez: a eleição exige a evangelização.

      Eis outra conclusão igualmente significativa: a eleição assegura que a evangelização resulte em conversões genuínas. O pregador do Evangelho não tem como dizer quem em seu auditório pertence aos eleitos e quem não pertence. Mas Deus sabe. E Deus está pronto para aplicar e abençoar Sua Palavra nos corações dos Seus eleitos para a salvação. O momento preciso em que apraz a Deus fazer isso no caso de um eleito individual, não sabemos, mas é certo e seguro que o fará antes da morte da pessoa. Exatamente tão certo como todos os eleitos de Deus serão salvos, é certo que a palavra do Evangelho não tornará a Deus vazia (Isaías 55:11).

    7. Alexandre Trindade Diz

      AMADO, ESTUDE A PALAVRA NO GREGO , TODOS, DEPOIS COMENTE…

    8. Alba Camu Diz

      Wilter Porto Deus ordenou a pregação porque é a través dela que Deus salva os seus escolhidos! É o meio que ele utiliza porque é só a través da fé que somos salvos, pois todo o que nele crê não se perde; mas a fe salvadora é um dom de Deus (Efesios 2:8) que ele outorga só por graça. A problema não é que Deus não queira que todos sejam salvos, o problema é que todos somos pecadores e não vamos aceitar a Deus de jeito natural a menos que ele nos faça nascer de novo. É certo, o chamado do Evangelho é para todos! Todos temos de arrependernos e crer em Cristo e se asim o fizermos seremos salvos mas muitos são os chamados e poucos os escolhidos. O ser humano é escravo do pecado e sem a graça de Deus não obedeceria este chamado, por iso é só por graça que somos salvos. Os que se perdem son responsáveis pela súa desobediencia, iincredulidade e impiedade e os que se salvam são salvados por pura graça apesar de seu pecado, são salvados para obedecer (1Pedro 1:2)! . Deus não é injusto por não salvar a todos, ele não teria que salvar a nenhúm pois todos somos pecadores e merescemos a súa ira não o seu amor e perdão. Mas ele quis salvar a um grupo de pessoas por pura graça e enviou a seu Filho a sofrer e morrer no lugar desse povo escolhido (pelas suas ovelhas) (João 10: 15,27-29)

    9. Alba Camu Diz

      Carlos Sonel Deus tem poder para salvar a todos e não só a um grupo eleito mas eu recomendo a voçe que leia Romanos 9.

    10. Alba Camu Diz

      ROMANOS 8:7 Não podemos! A conclusão lógica da morte espiritual é que não possas crer e ver a gloria de Deus até que ele te resucite. A conclusão lógica disto e da escravidão do pecado é que temos de ser trazidos (João 6:44, 37, 64-65), temos de ser amados (João 4:10,19), temos de ser eleitos… ou não poderemos ser salvos

    11. Lucas Leandro Diz

      Esta errado de acordo com teu ponto de vista!
      Não sei se percebeu, mas o blog é calvinista…

  3. Katia De Almeida Ribeiro Diz

    Como Deus é Linnnnnnnnnndo!!! Como Ele é Fiel!!! Como Ele cuida dos d'Ele!!! (Soli Deo Gloria)

    1. Katia De Almeida Ribeiro Diz

      SE VOCÊ É CRISTÃO VOCÊ PRECISA ACESSAR A ESTE LINK !!!

  4. Charles Brown Marques Diz

    Romanos 8:28-30

    “28 Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. 29 Porque os que conheceu de antemão, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. 30 E aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou�.

    SOBERANIA DE DEUS
    A Bíblia atesta que Deus faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade, como lhe agrada, como lhe aprouve, sendo todos os seus atos livres.

  5. Charles Brown Marques Diz

    Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo. Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado. (Efésios 1:3-6)

    Leia mais: http://voltemosaoevangelho.com/blog/2013/02/9-lindas-imagens-sobre-a-salvacao-do-cristao-1-bonus/#ixzz2Lp53DxkV

  6. vladimir Diz

    Romanos 8:29 e 30 é uma porção da Palavra de Deus imensuravelmente linda e absolutamente clara. Devemos rogar a Deus por uma visão de Cristo ao lermos as escrituras.

    (29) Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de Seu Filho, a fim de que Ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

    (30) E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.

    Assim como Pedro, João, Paulo e muitos discípulos do Senhor Jesus Cristo, carecemos nós também de visão celestial (Efésios 1:17 e 18); não basta entendimento intelectual ou da letra, porém o descortinar do véu que impede-nos de ver Cristo. A visão celestial deve nos jogar por terra, destronando todo o nosso entendimento natural, as vezes até mesmo nos cegando, para que Deus somente no revele a Grande Obra do Seu Filho amado em nossas vidas.

    Shallon
    vladimir/campinas

  7. Carlos Sonel Diz

    Fernando 1 – voce acha que seria impossivel para Deus salvar todos caso ele quisesse? 2 – voce concorda que em toda genuina salvação ( conversão ) é uma obra sobrenatural operada por Deus? 3 – O que significa eleitos, eleição entao? Na biblia essa palavra eleitos, eleição se repete inumeras vezes o que isso significa?

  8. Carlos Sonel Diz

    O que os arminianos falam da doutrina da eleição? Eles falam que existe eleição e chamado para ministerio, eleição corporal… e outras coisas que eu nao sei muito bem, alguem pode me explicar ou passar 1 link que explique?

  9. Guilherme Zanini de Sá Diz

    Estou lendo as Institutas de João Calvino, e vou dizer uma coisa, como o povo interpreta MUITO errado o que ele tentou expressar em suas cartas…a predestinação que ele menciona não tem nada a ver com isso….

  10. André Patricio Diz

    Se Deus escolhe algumas pessoas para serem salvas, Deus escolhe várias pessoas para ir para o inferno ? Não entendo.

  11. André Patricio Diz

    Se Deus escolhe algumas pessoas para serem salvas, Deus escolhe várias pessoas para ir para o inferno ? Não entendo.

    1. Alba Camu Diz

      Todos somos pecadores, todos merecemos o inferno, a justa ira de Deus sobre nós. Aqueles que são salvos, não são salvos porque Crisito sofreu e morreu a morte que nós merecíamos baixo a ira de Deus? Então, os eleitos somos salvados dessa ira, do inferno. Os que vão para o inferno são os não eleitos, os que recebem o que merecem só. Em cambio, os eleitos recebemos pela graça de Deus e em virtude de CRISTO o que não merecemos de nenhúm jeito. PURA GRAÇA! SÓ POR CRISTO! Deus não seria injusto se não tivesse escolhido a ninguém para salvação.

    2. Aldair Schwingel Diz

      A MAIS DE 50 REFERENCIAS SOBRE ELEIÇÃO NA PALAVRA DE DEUS.SE HOJE DEUS FOSSE AO INFERNO E DISSE-SE:AQUELE QUE SE AJOELHAR DIANTE DE MIM E RECONHECER O MEU SENHORIO SERÁ SALVO,EU O TIRAREI DESTE LUGAR.ELES SIMPLESMENTE COM TODO ÓDIO BATERIAM A PORTA DO INFERNO NA CARA DE DEUS,POIS AS COISAS DE DEUS LHE SÃO LOUCURA (PAUL WASHER).O LIVRE ARBITREO É UM ENGANO DE SATANAS.PORQUE A PALAVRA DIZ:QUE ESTAMOS MORTOS EM NOSSOS DELITOS E PECADOS,SENDO ASSIM MORTOS NÃO PODEM TOMAR NENHUMA DECISÃO.MORTOS NÃO ESCOLHEM.

    3. Aldair Schwingel Diz

      JESUS CRISTO NOS ORDENOU PREGAR A TODA CRIATURA.(MUITOS SÃO CHAMADOS,MAS POUCOS OS ESCOLHIDOS)PARA QUE AQUELES QUE ELE ELEGEU ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO(EFÉSIOS 1:3 a 5)OUVISSEM A SUA PALAVRA.

    4. Luiz Henrique Diz

      Amado irmão Aldair eu conheço o ponto de vista calvinista e o arminiano, mas na sua opinião o que teria determinado a escolha de Deus de uns para a salvação e outras para a perdição, qual foi os "requisitos" de Deus para fazer essa eleição? Pois na MINHA opinião se Deus escolheu pessoas para a salvação arbitrariamente ele estaria sendo injusto com os rejeitados,pois Ele estaria fazendo uma escolha meramente sem base alguma e isso seria algo contra a própria natureza do Senhor. Este é um dos pontos que não entendo dos que defendem o predestinalismo, por favor se os irmãos puderem comentar façam-o, não estou aqui procurando debates e rivalidades, pois somos irmãos em Cristo e creio que isto não convém a Família de Deus, mas eu busca q cada dia mais compreender ao Senhor e sua Palavra. Que Deus nos abençoe!

    5. Luiz Henrique Diz

      Alba Camu concordo com o irmão de que somos mortos espiritualmente e por isso jamais poderiamos ir sozinho em direção a Cristo, mas sim que antes o próprio Deus deve nos conduzir ao Filho através de seu Espírito, o que fico sem entender e penso ser contra a própria natureza de Deus é a questão de que Ele na Eternidade escolheu para si alguns para a salvação enquanto outros deixou irem ao seu caminho comum que era a perdição eterna, sei que isto tem haver com a Soberania de Deus e aceito perfeitamente que Deus é Absolutamente soberano sobre tudo e todos, o que eu penso ser incoerente é o que levou Deus a escolher uns e rejeitar outros, qual foi a base de Deus ter feito isto, o que determinou esta escolha dEle? se todos os homens são igualmente pecadores e dignos do inferno, teria sido então uma Eleição Arbitrária? se o foi então estamos abrindo brechas para dizer que Deus é injusto, por isso eu gostaria de ouvir a opinião do Irmão, sem ser com tom de disputa ou discussão pois não é esse o meu intento, mas sim desejo que ambos cresçamos na graça e conhecimento de Cristo Jesus!

    6. Jonathan Rodrigues Diz

      Luiz Henrique Eu acredito que haja as duas possibilidades, não estou dizendo que estou certo, mas que eu acredito haver as duas possibilidades, por exemplo: Deus não ama a todos da mesma maneira… Eu creio que a salvação pode ser dada a todos por meio da fé em Jesus Cristo, entretanto, também creio que existem pessoas que são o "xodó de Deus, pessoas que são segundo o seu coração" que por sua Soberania e livre espontânea vontade, ele salva. Me corrija se eu estiver errado. rsrs

    7. Alba Camu Diz

      Luiz Henrique Louvado seja Deus. Eu tampouco desejo um tom de disputa ou discussão mas o conhecimento de Cristo Jesus e a gloria de Deus. Estamos a falar de coisas muito relevantes mas ainda que conhecêssemos todos os misterios e toda a ciência, se não tivermos o amor, nada seria. A respeito da base de Deus para ter escolhido uns e rejeitar outros eu aceito o que a Biblia diz en Romanos 9 de que o facto de Deus amar Jacob e aborrecer Esaú não traz injustiza a Deus porque ele, como Deus soberano, tem o direito de compadecer-se e ter misericordia de quem quiser. (Rom 9:13-15)
      Agora bem, queda claro pela Escritura que a escolha de Deus não é em base a quem nós somos ou deixamos de ser senão que existe um propósito eterno de Deus pelo que somos escolhidos ou rejeitados, o qual constitúe tambem a base para tal escolha. A base e motivo de Deus para fazer TODO o que faz é a sua própria glória . Não é sem base alguma que Deus nos predestinou para salvação, sua escolha veio determinada pela glória que Deus ia manifestar em nós. Não o estou a inventar; leia Efesios 1, leia Romanos 9.
      Pense um momento que ele é digno, que todo o que não é para a gloria de Deus não tem valor nehúm porque fora de Deus não hà nada digno, nada de valor eterno. Fora dele não hà nada, só mentira, morte e escuridão. Então começará a ver a justiza e o direito de Deus de fazer todo para sua glória. (TODO O QUE É PARA GLÓRIA DE DEUS TAMBEM É PARA O NOSO DELEITE POIS NÓS FOMOS CRIADOS PARA ELE, PARA A SUA GLÓRIA)
      Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu poder, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra. (Rom 9:17)
      A Biblia ensina que Deus levantou a faraó para a sua glória, para mostrar o seu poder e para que o seu nome fosse anunciado em toda a terra. E mais adiante, em Rom 9:22 a Biblia diz que Deus, “QUERENDO MOSTRAR A SUA IRA, E DAR A CONHECER O SEU PODER, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição;” Os vasos da ira são os pecadores que não recebem a graça da salvação pela fe. E Deus não os escolheu para salvação primeiro porque não o merecem e segundo porque o propósito de Deus para estes foi mostrar sua ira e seu poder. No verso seguinte lemos que os vasos de misericordia (os cristãos) fomos preparados tambem para gloria, mas nós duma forma especial, não para Deus mostrar sua ira em nós mas para mostrar a sua misericordia e graça. Como em Efesios diz:
      E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,PARA LOUVOR E GLÓRIA DA SUA GRAÇA… (Ef 1:5-6)
      Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade;Com o fim de sermos PARA LOUVOR DA SUA GLÓRIA, nós os que primeiro esperamos em Cristo;(Ef 1:11-12)
      Nós tampouco o mereciamos mas Deus em base à glória que ele queria manifestar em nós amounos em Cristo desde a eternidade assim como predestinou a vinda de Cristo desde a eternidade e seu sacrificio por nós. Deus creounos para a sua gloria, predestinounos para sua glória, chamounos para sua glória, salvounos para sua glória… Porque além dele não hà nada.
      O profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Porque quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. (Rom 11:33-36)
      Deus o abençoe, irmão.
      (Desculpe se alguma coisa está mal escrita mas é que sou espanhola)

  12. Carlos Sonel Diz

    Se Deus escolhe quem vai ser salvo porque ele aponta 2 caminhos? porque ele fala para entrarmos na porta estreita e nos esforçarmos? Nao é ilogico?

  13. carlos Diz

    Se Deus escolhe quem vai ser salvo porque ele aponta 2 caminhos? porque ele fala para entrarmos na porta estreita e nos esforçarmos? Nao é ilogico?

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Carlos,

      Não é ilógico. E não colocamos nada além de versículos nas imagens.

  14. Carlos Sonel Diz

    a eleição pode levar a arrogancia? no sentido de queja sou escolhido, sou o bonzão e nao to nem ai para os perdidos nao escolhidos. e evangelizo quando quero ja que os eleitos vao ser salvos mesmo

    1. Alba Camu Diz

      NUNCA! NUNCA! NUNCA! Como poderia levar a arrogancia que Deus nos tenha escolhido por pura graça a pesar de merecer o inferno? Como poderia levar a arrogancia que nós non possamos ir a Cristo a menos que o Pai nos leve? Como pode levar a arrogancia que eu, a parte da graça de Deus, não sou nada? Você já leu Deuteronomio 7:6-8? Insignificantes mas amados. Os eleitos só são salvos pelo Evangelho, é o meio decretado, a evangelização é uma ordem e ficamos responsáveis dela mas nenhúm irá ouvir se Deus não conceder a graça (Atos 16:14).

  15. Vinicius Morais Diz

    Caraca meu!
    O Blog é calvinista! Qual o problema nisso?
    É a visão do autor/editor.

    Sou arminiano e não tenho problema nenhum em visitar este blog e me alimentar da Palavra de Deus. Vamos aceitar as diferenças, pow!
    Pelo menos pra mim, calvinistas e arminianos são, antes de tudo, de CRISTO!

    Abraços!

    1. Cristiane Sales Diz

      Concordo plenamente.

  16. Lelis Diz

    Realmente temos que provar que a nossa “linha teológica” está correta e a outra errada? Até que ponto isso é pertinente a um cristão? Por que tenho que provar a você que eu entendi certo e você está errado? Vamos olhar pra Jesus e fazer o papel de igreja, que é o que está faltando nos dias de hoje, vamos parar de perceber que é sábado e perceber o que importa: o milagre.

  17. shenna Diz

    Isto lembra demais o meu discipulado!! A Bíblia é incrível!!

  18. Irismar Oliveira Diz

    Admiro o trabalho de voces, e amei essas imagens. estau levando para uma das minhas paginas no face com todos os créditos devido e um link para o site . Fique na paz

  19. Samuel Willians Diz

    "E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo."
    (1 João 2:2) ………………………. Em vez de perderem seu tempo perguntando oque é e oque não é, porque não perguntam para aquele que é nosso MESTRE ( João 13:13) !

  20. faria Diz

    O Calvinista acredita que Deus escolheu um grupo de pessoas e que as
    restantes vão para o Inferno. Conseqüentemente, a pergunta que qualquer
    Calvinista se faz é: “Estarei eu entre os escolhidos?”.

    Como é que um Calvinista sabe se está entre os escolhidos ou não?

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Da mesma forma que qualquer outro cristão. Agora, veja que os apóstolo Pedro nos manda confirmar nossa eleição:
      Portanto, irmãos, empenhem-se ainda mais para consolidar o chamado e a eleição de vocês, pois se agirem dessa forma, jamais tropeçarão, (2Pe 1:10)

    2. Alexander Boechat Diz

      Amigo, se você não tem certeza da sua salvação, precisa buscar mais a santificação. É a comunhão com Deus em santidade que te dará a certeza absoluta da sua salvação. Não há outro meio. O contato com o pecado de forma retilínea embota os sentidos espirituais, se de fato a pessoa é salva, causando essa dúvida. Mas isso não significa ausência de salvação. Que Deus nos abençoe nessa busca. Sola Gratia!

    3. Daniel Kaleb Diz

      O modo de vida.
      Como saber se alguém é salvo, foi o que você quis dizer.
      Pelos frutos se conhece a árvore.

  21. Jefferson Diz

    A imagem que fica mudando é bonita e bem feita, mas atrapalha na leitura, pois a tela toda fica subindo e descendo.

Comentários estão fechados.