um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Thomas Watson – Chamado Eficaz [1/4]

O Voltemos ao Evangelho está traduzindo o livro Um Tônico Divino, do puritano Thomas Watson. Confira os capítulos já traduzidos:

  1. As melhores coisas cooperam para o bem [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5]
  2. As piores coisas cooperam para o bem [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6 | Parte 7 | Parte 8]
  3. Por que todas as coisas cooperam para o bem do homem piedoso? [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3]
  4. Sobre o Amor a Deus [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3]
  5. Os Testes do Amor a Deus [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6]
  6. Uma Exortação Para Amar a Deus [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6]
  7. Chamado Eficaz [Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4]
  8. Exortações para os que são chamados [Parte 1 | Parte 2]

A segunda qualificação das pessoas a quem pertence esse privilégio do texto é: elas são chamadas de Deus. Todas as coisas cooperam para o bem “daqueles que foram chamados”. Embora essa palavra “chamados” seja posta na ordem após o amor a Deus, em verdade ela vem antes. O amor é mencionado primeiro, mas não é operado em primeiro lugar; nós devemos ser chamados de Deus, antes que possamos amar a Deus.

O chamado é apontado como o elo do meio na cadeia de ouro da salvação (Romanos 8.30). Ele é posto entre a predestinação e a glorificação; e, se nós tivermos firme este elo do meio, nós teremos segurança acerca das duas pontas da cadeia. Para melhor ilustrar tal afirmação, há seis coisas a serem observadas.

1. Uma Distinção Acerca do Chamado

Existe um duplo chamado.

(i) Há um chamado exterior, o qual não é outra coisa senão a bendita oferta de Deus da graça no evangelho, Seu argumento com os pecadores, quando Ele os convida a vir e aceitar a misericórdia. Acerca disso nosso Salvador discorre: “Muitos são chamados, mas poucos escolhidos” (Mateus 20.16). Esse chamado exterior é insuficiente para a salvação, embora seja suficiente para tornar os homens indesculpáveis.

(ii) Há um chamado interior, quando Deus maravilhosamente subjuga o coração e conduz a vontade a abraçar a Cristo. Este é, como afirma Agostinho, um chamado eficaz. Deus, pelo chamado exterior, toca uma trombeta nos ouvidos; pelo chamado interior, Ele abre o coração, como fez com o de Lídia (Atos 16.14). O chamado exterior pode conduzir os homens a professarem a Cristo, o chamado interior os conduz a possuírem a Cristo. O chamado exterior refreia o pecador, o chamado interior o transforma.

2. Nossa Deplorável Condição Antes de Sermos Chamados

(i) Nós estamos em um estado de servidão. Antes de Deus chamar um homem, ele está sob o chamado do diabo. Se ele diz “Vai”, ele vai: o pecador iludido é como o escravo que escava a mina, lavra a pedreira ou puxa o remo do barco. Ele está sob o comando de Satanás, assim como o asno está sob o comando daquele que o monta.

(ii) Nós estamos em um estado de trevas. “Outrora, éreis trevas” (Efésios 5.8). As trevas são deveras desconsoladoras. Um homem em trevas é cheio de temor, ele treme a cada passo que dá. As trevas são perigosas. Aquele que está na escuridão pode facilmente desviar-se do caminho correto, caindo em rios ou redemoinhos; assim também, nas trevas da ignorância, nós podemos facilmente cair no redemoinho do inferno.

(iii) Nós estamos em um estado de impotência. “Quando nós ainda éramos fracos” (Romanos 5.6). Não há forças para resistir à tentação ou lutar contra a corrupção; o pecado corta a cabeleira onde reside a nossa força (Juízes 16.20). Com efeito, não há apenas impotência, mas também obstinação: “Vós sempre resistis ao Espírito Santo” (Atos 7.51). Além de indisposição para o bem, há também oposição.

(iv) Nós estamos em um estado de podridão. “E, passando eu por ti, vi-te manchada do teu sangue” (Ezequiel 16.6). A imaginação cunha pensamentos mundanos; o coração é a forja do diabo, de onde saem as faíscas da luxúria.

(v) Nós estamos em um estado de condenação. Nós nascemos debaixo de uma maldição. A ira de Deus permanece sobre nós (João 3.36). Tal é a nossa condição antes que Deus se agrade de, através de um chamado misericordioso, nos trazer para junto de Si mesmo e nos libertar daquela miséria na qual antes estávamos afundados.

3. Os Meios do Nosso Chamado Eficaz

O meio ordinário que o Senhor usa para nos chamar não é através de arrebatamentos e revelações, mas é:

(i) Pela Sua Palavra, a qual é “o cetro do seu poder” (Salmo 110.2). A voz da Palavra é o chamado de Deus a nós; portanto, é dito que Ele fala do céu a nós (Hebreus 12.25). Isto é, no ministério da Palavra. Quando a Palavra nos chama para fora do pecado, é como se nós ouvíssemos uma voz vinda do céu.

(ii) Pelo Seu Espírito. Este é o chamado em alta voz. A Palavra é a causa instrumental da nossa conversão; o Espírito é a causa eficiente. Os ministros de Deus são apenas as flautas e os órgãos; é o Espírito que, soprando neles, efetivamente transforma . “Ainda Pedro falava estas coisas quando caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra” (Atos 10.44). Não é a diligência do fazendeiro em arar e semear que tornará o terreno fértil, independentemente das primeiras e das últimas chuvas. Assim também não é a semente da Palavra que ira efetivamente converter, a menos que o Espírito empregue a sua doce influência e caia como chuva sobre o coração. Portanto, deve-se implorar pela assistência do Espírito de Deus, para que Ele empregue a Sua voz poderosa e nos desperte da sepultura da incredulidade. Se um homem bate em uma porta de bronze, ela não se abrirá; porém, se ele vem com uma chave em sua mão, ela então se abrirá. Assim também quando Deus, que possui a chave de Davi em Sua mão (Apocalipse 3.7), se aproxima, Ele abre o coração, ainda que esteja sempre e firmemente fechado contra Ele.

4. O Método que Deus Usa para Chamar os Pecadores

O Senhor não Se prende a um modo particular, nem usa a mesma ordem com todos. Às vezes ele vem em uma voz serena e suave. Aqueles que possuem pais piedosos, e se assentam diante do caloroso amanhecer da educação religiosa, frequentemente não sabem como ou quando foram chamados. O Senhor secreta e gradualmente infundiu a graça em seus corações, assim como o orvalho discretamente cai em gotas. Eles sabem, pelos efeitos celestiais, que são chamados, mas o tempo ou a maneira eles desconhecem. O ponteiro se move no relógio, mas eles não percebem quando.

Assim Deus lida com alguns. Outros são pecadores mais teimosos e complicados, e Deus vem a eles em um vento impetuoso. Ele usa mais intensamente as cunhas da lei para quebrar os seus corações; Ele os humilha profundamente e os mostra que estão condenados sem Cristo.  Então, havendo arado o pedregoso terreno dos seus corações pela humilhação, Ele planta a semente da consolação. Ele lhes apresenta Cristo e a misericórdia e conduz a sua vontade, não apenas a aceitarem a Cristo, mas a desejarem-No ardentemente e a confiadamente descansarem Nele. Assim Ele operou em Paulo, chamando-o de perseguidor a pregador. Esse chamado, embora mais visível que o outro, não é em qualquer sentido mais real. O método de Deus para chamar pecadores pode variar, mas o efeito ainda é o mesmo.

Por Thomas Watson. Original: A Divine Cordial By Thomas Watson

Tradução: voltemosaoevangelho.com

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

29 Comentários
  1. George Diz

    O chamado de Deus é algo que glorifica a Si mesmo, isso é tremendo, pois, Ele planejou isso na eternidade passada, levar pecadores a Cristo através do chamado eficaz do Espírito Santo é uma obra indescritível de Deus. Glória ao Santo Deus Triúno

  2. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  3. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  4. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  5. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  6. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  7. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  8. Tito Monteiro Diz

    Andando, vivendo e aprendendo.Texto edificante, muito bom, bom demais, quero +.tito from brasília, df.

  9. Lucas Tito Diz

    Feliz pela continuidade do trabalho! Deus abençoe!

  10. Laly Florindo Diz

    Pessoal do VE, vocês vão disponibilizar em um único arquivo o livro completo traduzido? Se sim, qual a previsão do lançamento? :)

    1. Vinícius S. Pimentel Diz

      Laly,

      Sim, se Deus quiser, o livro do Watson será transformado em e-book no final (e, quem sabe, numa edição impressa?). Porém, isso vai acontecer apenas depois da tradução completa (que está sendo disponibilizada semanalmente, em partes) e de uma posterior revisão. Então, não podemos dizer exatamente quando acontecerá.

      Mas continue orando por nós e pela tradução deste livro. Tem sido uma grande bênção cooperar em sua tradução, e espero que esteja sendo abençoador também para os que a leem. =]

    2. Laly Florindo Diz

      Ok! :D

  11. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  12. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  13. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  14. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  15. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  16. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  17. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  18. Pastor José Galvão Diz

    Gostei imensamente do texto, o considero como reflexo de um coração inspirado pelo Espírito Santo para produzir frutos dignos de louvor a Deus. Graça e Paz.

  19. Willian Poiatti Diz

    Fantástico!

  20. Willian Poiatti Diz

    Fantástico!

  21. Willian Poiatti Diz

    Fantástico!

  22. Andre Caratanasov Neto Diz

    A paz do Senhor a todos,
    Primeiramente quero dizer que o texto ficou sensacional. agora tenho uma dúvida. Não sei se é má interpretação minha. O texo (ii) de 1. Uma Distinção Acerca do Chamado esta assim: "(ii) Há um chamado interior, quando Deus maravilhosamente subjuga o coração e conduz a vontade a abraçar a Cristo. Este é, como afirma Agostinho, um chamado eficaz. Deus, pelo chamado exterior, toca uma trombeta nos ouvidos; pelo chamado interior, Ele abre o coração, como fez com o de Lídia (Atos 16.14). O chamado exterior pode conduzir os homens a professarem a Cristo, o chamado exterior os conduz a possuírem a Cristo. O chamado exterior refreia o pecador, o chamado interior o transforma."

    Aqui, quando fala sobre o chamado exterior pode conduzir os homemns a professarem a Cristo, o chamado EXTERIOR os conduz a possuírem a Cristo." não deveria ser " O chamado INTERIOR os conduz a possuírem a Cristo no final?

    Abraços e Deus os abençoecada dia mais…

    1. Vinícius Pimentel Diz

      Corrigido =]

  23. Andre Caratanasov Neto Diz

    A paz do Senhor a todos,
    Primeiramente quero dizer que o texto ficou sensacional. agora tenho uma dúvida. Não sei se é má interpretação minha. O texo (ii) de 1. Uma Distinção Acerca do Chamado esta assim: "(ii) Há um chamado interior, quando Deus maravilhosamente subjuga o coração e conduz a vontade a abraçar a Cristo. Este é, como afirma Agostinho, um chamado eficaz. Deus, pelo chamado exterior, toca uma trombeta nos ouvidos; pelo chamado interior, Ele abre o coração, como fez com o de Lídia (Atos 16.14). O chamado exterior pode conduzir os homens a professarem a Cristo, o chamado exterior os conduz a possuírem a Cristo. O chamado exterior refreia o pecador, o chamado interior o transforma."

    Aqui, quando fala sobre o chamado exterior pode conduzir os homemns a professarem a Cristo, o chamado EXTERIOR os conduz a possuírem a Cristo." não deveria ser " O chamado INTERIOR os conduz a possuírem a Cristo no final?

    Abraços e Deus os abençoecada dia mais…

  24. Manuela Karla França Diz

    Esse livro é realmente divino…Agradeço a instrumentalidade…

  25. Manuela Karla França Diz

    Esse livro é realmente divino…Agradeço a instrumentalidade…

  26. Pablo Diz

    Quando vai sair a parte 2 do cap 8?

Comentários estão fechados.